Autor Tópico: Como você lida com as opiniões sobre seu trabalho?  (Lida 2886 vezes)

RuySalaverry

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 368
  • Sexo: Masculino
    • Meu Multiply
Online: 19 de Agosto de 2008, 18:55:15
Forum é uma coisa engraçada. Sempre acho interessante a troca de opiniões mas tem certas horas que gostaria de saber como lidam com as opiniões emitidas sobre o seu trabalho.

Vejo várias opiniões que a pessoa que a emitiu mostra que sabe muito pouco a respeito da dinâmica de se fotografar nas condições que ela está analisando.

Como vocês lidam com isso? 
Ruy Salaverry
Rio de Janeiro-RJ


pedro_raythz

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.469
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 19 de Agosto de 2008, 19:17:31
Resumindo, na maioria das vezes eu ouço bem as críticas, mas as vezes é necessário dar uma filtrada no que se lê :P


Kergi

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 895
  • Sexo: Masculino
  • www.pbase.com/kergi
    • Kergi Neto
Resposta #2 Online: 19 de Agosto de 2008, 19:35:35
Olá Ruy,

não sei se entendi o questionamento, mas acho que uma condição ruim ou difícil não faz uma foto ruim ficar boa. Portanto a condição não influencia na minha interpretação da crítica.

Ex: o cara tá fotografando dentro d'água num mar doido, ondas fortes, cheio de correnteza puxando você. Pra mim a análise de uma foto dessa ser boa ou não é a mesma de outra foto que foi feita da areia, debaixo do guarda-sol tomando água de côco. Inventei uma boa situação  :D





Kerginaldo Mattos - Fortaleza/CE
Canon XTi + A620 + Caixa WP-DC90
Fortaleza - CE

Blog Fotos e Desenhos
Galeria de Fotos


lincão

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 289
  • Sexo: Masculino
    • System Adm BR
Resposta #3 Online: 19 de Agosto de 2008, 19:50:16

Vejo várias opiniões que a pessoa que a emitiu mostra que sabe muito pouco a respeito da dinâmica de se fotografar nas condições que ela está analisando.


Acho que toda (TODA) critica é bem vinda. Mesmo se a pessoa "sabe muito pouco" a respeito de fotografia. A opinião de uma pessoa experiente vai contar muito, porém a de uma pessoa "leiga" conta bastante, pois é como 90% da humanidade vai ver a sua foto. Deve-se sempre ter noção do contexto da critica, por exemplo, se você pede criticas TECNICAS para sua foto, aí sim a opinião do "experiente" vai contar; porém se você pede somente uma critica, todas as opiniões contam.

Abraços!
Lincoln
Lincoln Zuljewic Silva
São Paulo/SP
lsilva@system.adm.br

System Adm BR




Kika Salem

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.266
  • Sexo: Feminino
Resposta #4 Online: 19 de Agosto de 2008, 21:48:53
Ao elaborar o tópico, você deve ter em mente um caso específico, mas como eu não sei do que se trata vou falar de modo geral.

Na minha opinião, a crítica pode ser apreendida de diversas formas e sob diferentes ângulos.

De modo geral, as pessoas não sabem lidar bem com a crítica, sobretudo se ela for feita de modo incisivo, nem tampouco sabem fazê-la de modo satisfatório, com fundamentos sólidos. Já disse em outro momento que opinar é diferente de analisar, pois no último caso a gente emprega determinadas ferramentas, conjunga certos fundamentos e a eles agrega também valores. Por isso que eu sempre insisto que fundamentar as idéias não é somente exprimi-las e também insisto na leitura como extensão da prática fotográfica. De uns tempos pra cá, eu só falo nisso e me sinto falando meio sozinha. Mas, tudo bem, não há problema em falar sozinha, como diz a música "Deus permite a todo mundo uma loucura". (Hoje é a segunda vez que cito Chico Buarque, sei lá o que dá...)

De qualquer forma, uma crítica bem fundamentada e feita com elegância é bem recebida por todos enquanto que uma observação superficial e feita com arrogância é sempre repelida pelo grupo.

Nos fóruns de fotografia, os comentários sobre as fotos costumam concentrar-se no aspecto técnico. Para mim, o trinômio fotógrafo-foto-observador expande para além das questões técnicas. De modo geral, eu consigo avaliar uma foto desfocada, torta, sub ou superexposta, mas muitas vezes não entendo porque a pessoa fotografa uma coisa e não outra, opta por esse tratamento e não aquele, escolhe um ângulo e não outro.

Na momento de discorrer sobre a foto de alguém (faço isso poucas vezes e por algumas escolhas pessoais), eu nunca olho o exif e procuro falar sobre o que eu vejo, sobre as sensações que ela(s) desperta(m) e só comento a foto quando vejo que o assunto pode render e que vou aprender algo com a interação. Aprender e interagir são meus principais objetivos no fórum, não fosse isso não estaria aqui, por isso procuro não perdê-los de vista.

Quanto às opiniões sobre as poucas fotos que já postei no fórum (também faço isso poucas vezes e por alguns motivos pessoais), eu parto do princípio que minha fotografia é medíocre, mas que pode melhorar se eu não desistir dela, possibilidade que não eu vislumbro até o momento. Nesse sentido, ouço todas as opiniões e procuro sempre não me afetar por preposições morais, o que é um erro grave, fácil de cair/cometer, no mundo virtual. Ouvir todas as opiniões e agradecer a generosidade dos comentários não significa que eu concorde com todos eles nem tampouco que eu considere todos importantes, isto dentro daquilo que elegi como importante para o meu processo de aprendizado, afinal, nessa vida, tudo é relativo, o que é importante para mim pode não ser para os outros e vice-versa.

Também é interessante pensar a crítica como um ato de generosidade, uma tentativa de diálogo. Postar uma foto e não receber um comentário sequer (nem bom, nem mal; nem superficial, nem fundamentado), ser brindado com o desprezo coletivo, deve ser muito triste.

Às vezes fico pensando porque é tão difícil lidar com a opinião divergente e, porventura, aprender com ela? Não dizendo que sou perfeita e que não me afeto com uma crítica destrutiva, devastadora. Afeto-me até quando ela é feita com os outros. Mas sempre tento relativizar as coisas, tanto a minha apreensão da crítica como a própria elaboração da crítica.

Por outro lado, quem faz uma crítica nem sempre dispõe de elementos para fazê-la, às vezes só quer emitir uma opinião, marcar presença. E isso deve ser considerado. O problema é quando a gente não tem muita consciência de quem é e do que sabe, das próprias limitações e também das habilidades. O processo de autoconhecimento é um negócio muito complicado e devastador em alguns casos. Eu gosto muito daquela parte do texto do Descartes, no "Discurso do Método" (Coleção Os Pensadores), em que ele diz que “não há nada tão eqüitativamente distribuído no mundo como o bom senso [uns traduzem como inteligência]: todos estão convencidos de que têm o suficiente”. Não me excluo disso obviamente.

De modo geral acho que é isso que tenho a dizer nesse momento.






« Última modificação: 19 de Agosto de 2008, 21:53:27 por Kika Salem »


RuySalaverry

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 368
  • Sexo: Masculino
    • Meu Multiply
Resposta #5 Online: 19 de Agosto de 2008, 22:21:20
Eu já apresentei foto em fórum que um forista me sugeriu fazer uma iluminação lateral com flash só que foi um tucano que cliquei e estava a mais de 20m de mim. Na época pensei em sugerir a ele para segurar um flash slave para mim no alto de um bambú que eu faria a foto.
Outras vezes falam de ruido onde não há nenhum e apenas desfoque com folhas em contra-luz e não dá para levar a sério todas as críticas. Eu acho que realmente temos que filtrar e não nos amolarmos com as descabidas. Até que me provem o contrário, todo mundo está tentando ajudar mas tem uns que viajam feio.
« Última modificação: 19 de Agosto de 2008, 22:25:12 por RuySalaverry »
Ruy Salaverry
Rio de Janeiro-RJ


Sandro Amaral

  • Trade Count: (6)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.076
  • Sexo: Masculino
  • Pedi e dar-se-vos-á...Mt 7:7
Resposta #6 Online: 19 de Agosto de 2008, 22:51:43
O difícil é escrever depois da Kika  :worship: :worship:, mas vamos lá!!!

Olha Ruy, o que vejo é exatamente o que vc falou, comentários de como vc deveria ter feito isso ou aquilo, mas que na grande desprovidos da mínima noção da situação em que a foto foi tirada.

Sempre procuro ao analisar uma foto, tentar entender o todo e não só o que esta ali mostrado. Vi há algum tempo atrás, em outro fórum, uma fotografia muito boa ao meu ver,retratava uma cena urbana um pedinte qualquer contando algumas moedas, mas a foto trazia subliminarmente toda a dureza da vida na rua.

Aí vieram pessoas falando da iluminação,DOF e,pasme, que o fundo não trazia harmonia para a foto, só que o fundo eram pessoas normais no seu dia-a-dia.

Aí fico imaginando, o que deveria fazer o fotógrafo?Pedir para que todos parassem, regular o f-stop, esperar uma hora mais apropriada para a foto? O que comentei naquele momento é a fotografia nada mais é que a captura de momentos, mas existem certos momentos que a cena está ali na sua frente gritando: "fotografe-me" e não há como setar o equipamento, esperar a luz correta, etc,etc,etc.

Respondendo agora tua pergunta, acho que as opiniões sobre o teu trabalho devem ser levadas em consideração quando vem permeadas de um entendimento mais aguçado da arte fotográfica, e quando digo arte, digo no sentido mais amplo da palavra e isto se torna também um problema, pois a arte tem formas diferentes para cada um de nós.

Levando isto em conta procuro sempre analisar as críticas ao meu trabalho de pessoas que analisem não apenas o lado cartesiano e matemático dos f-stops,das velocidades, do ruído,ISO´s, etc,etc,etc, mas também de quem entenda o como e o porquê da captura, a intenção da foto.

Grande abraço.
SANDRO AMARAL - Curitiba-PR

Srs. Não responderei perguntas enviadas por MP. Socialize sua dúvida abrindo um tópico. Ajuda você, outras pessoas e o fórum. Obrigado.



RuySalaverry

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 368
  • Sexo: Masculino
    • Meu Multiply
Resposta #7 Online: 20 de Agosto de 2008, 00:27:23

Vejo várias opiniões que a pessoa que a emitiu mostra que sabe muito pouco a respeito da dinâmica de se fotografar nas condições que ela está analisando.


Acho que toda (TODA) critica é bem vinda. Mesmo se a pessoa "sabe muito pouco" a respeito de fotografia. A opinião de uma pessoa experiente vai contar muito, porém a de uma pessoa "leiga" conta bastante, pois é como 90% da humanidade vai ver a sua foto. Deve-se sempre ter noção do contexto da critica, por exemplo, se você pede criticas TECNICAS para sua foto, aí sim a opinião do "experiente" vai contar; porém se você pede somente uma critica, todas as opiniões contam.

Abraços!
Lincoln

Concordo plenamente,
Uma crítica, por pior que seja, sempre abre um caminho para argumentarmos em cima e chegarmos a boas conclusões, se o regulamento não impedir.
Ruy Salaverry
Rio de Janeiro-RJ


Kika Salem

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.266
  • Sexo: Feminino
Resposta #8 Online: 20 de Agosto de 2008, 13:22:29
Eu já apresentei foto em fórum que um forista me sugeriu fazer uma iluminação lateral com flash só que foi um tucano que cliquei e estava a mais de 20m de mim. Na época pensei em sugerir a ele para segurar um flash slave para mim no alto de um bambú que eu faria a foto.
Outras vezes falam de ruido onde não há nenhum e apenas desfoque com folhas em contra-luz e não dá para levar a sério todas as críticas. Eu acho que realmente temos que filtrar e não nos amolarmos com as descabidas. Até que me provem o contrário, todo mundo está tentando ajudar mas tem uns que viajam feio.

Fórum tem de tudo Ruy, é um espaço muito heterogêneo. Eu um dia aprendo a lidar com ele de forma plena, sem me irritar muito, aliás, estou quase chegando lá, não fosse uma ou outra exceção.

Pela história narrada por você, é aquela velha história: têm pessoas que falam porque tem algo a dizer e outras porque tem que dizer alguma coisa. Eu particularmente encontro-me no limiar desses dois pólos, falo mais bobagem do que deveria, mas tento compensar com alguma útil.

Mas, por hábito, eu gosto de pensar nos dois, ou mais, lados da história, foi assim que eu aprendi e que virou vício. Lembrei-me de um tópico, num outro fórum, que eu li para buscar informações sobre fotografia de documentos históricos, acho até que foi criado por você num momento que precisava executar algo nesse sentido. Lá, as pessoas lhe indicaram usar examente tudo o que é proibido para esse tipo de trabalho. Quando criei um parecido aqui, também para buscar orientações, de antemão narrei as adversidades do trabalho e a lista de proibições. O tópico fluiu noutro sentido. Então imagino que fazer uma introdução sobre as adversidades da execução da fotografia junto à postagem dela ajuda não só o observador a entender/aprender com a exposição do trabalho como também a interagir de forma ativa com a sua fotografia.

Como meus colegas já perceberam, eu não só escrevo mais do que o necessário, mas também observo muito, em igual ou maior proporção. Então, eu tomo a interação, sobretudo virtual, como um desafio e, nesse sentido, fico criando estratégias mentais/práticas de como exercê-la da maneira mais proveitosa, sem me aborrecer demais. De modo geral, eu vejo isso tudo como um exercício.

O difícil é escrever depois da Kika  :worship: :worship:, mas vamos lá!!!
Então Sandro, não quero inibir, ao contrário quero estimular.  :D Entendi o elogio, obrigadão.


RuySalaverry

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 368
  • Sexo: Masculino
    • Meu Multiply
Resposta #9 Online: 20 de Agosto de 2008, 20:48:20
Posso dizer que sei ouvir uma boa crítica, aquela que o cara pode arrasar com a foto mas mostrando educação e vontade de ajudar meu crescimento mas aquelas que vem meio grosseiras e descabidas me deixam com uma vontade louca de bater boca então no Corredor Polonês nunca mais  :hysterical: :hysterical:
Você le alguém julgar, sem se identificar, uma BOA foto sua como PÉSSIMA e não poder nem abrir a boca não dá  :no:
E ainda digo mais: Foto que se eu mando para qualquer concurso vai ficar entre as 30 na certa. :post:
« Última modificação: 20 de Agosto de 2008, 20:50:08 por RuySalaverry »
Ruy Salaverry
Rio de Janeiro-RJ


RuySalaverry

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 368
  • Sexo: Masculino
    • Meu Multiply
Resposta #10 Online: 20 de Agosto de 2008, 20:57:01
Olá Ruy,

não sei se entendi o questionamento, mas acho que uma condição ruim ou difícil não faz uma foto ruim ficar boa. Portanto a condição não influencia na minha interpretação da crítica.

Ex: o cara tá fotografando dentro d'água num mar doido, ondas fortes, cheio de correnteza puxando você. Pra mim a análise de uma foto dessa ser boa ou não é a mesma de outra foto que foi feita da areia, debaixo do guarda-sol tomando água de côco. Inventei uma boa situação  :D

Com certeza, mas me referi mais a dicas tipo: Tinha que usar ISO baixo sem o cara saber que um pássaro arisco não para no lugar e no mato com pouca luz, não dá para fazer foto dele com ISO baixo nem com f/ 2.8 que dirá com minha Bigma f/ 6.3 em 500mm.
Tudo bem. O fato de estar fotografando com lente escura não vai transformar minha foto em boa, mas não me venha dizer que tenho que fazer com iso baixo que não dá.
« Última modificação: 20 de Agosto de 2008, 20:58:16 por RuySalaverry »
Ruy Salaverry
Rio de Janeiro-RJ


Kergi

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 895
  • Sexo: Masculino
  • www.pbase.com/kergi
    • Kergi Neto
Resposta #11 Online: 20 de Agosto de 2008, 23:55:41
Você le alguém julgar, sem se identificar, uma BOA foto sua como PÉSSIMA e não poder nem abrir a boca não dá  :no:
E ainda digo mais: Foto que se eu mando para qualquer concurso vai ficar entre as 30 na certa. :post:

Ruy, vê-se pelo comentário que você não lida muito bem com críticas  :)

Vi a foto lá, deixei até um comentário. A foto no fórum parece bem estranha pois você postou uma foto com tamanho maior que o permitido no corredor, o fórum redimensiona e fica bem ruim.

Porém, se você acha que a foto já é boa e que leva entre as 30 de qualquer concurso, ela não precisaria nem estar ali no corredor.  ;)

Tenho fotos que acho ótimas, pois me fazem lembrar de um momento bacana ou de uma situação difícil como você comentou, mas pra quem não tava lá ou não sente o mesmo, é só uma foto com iso alto, falta de nitidez, etc. Talvez pro cara que mandou iluminar com flash, não faça idéia da situação em que a foto foi feita ou não saiba que aquele bicho lá é raríssimo e não fica parado um só segundo.
Kerginaldo Mattos - Fortaleza/CE
Canon XTi + A620 + Caixa WP-DC90
Fortaleza - CE

Blog Fotos e Desenhos
Galeria de Fotos


Ana Adams

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.653
  • Sexo: Feminino
    • http://www.anaadams.com
Resposta #12 Online: 21 de Agosto de 2008, 01:10:27
Essa coisa de crítica é muuuito abrangente.
Se você expõe sua foto ao público, vai ouvir de tudo, desde as maiores bobagens até dicas que realmente fazem seu trabalho melhor. Como discernir?
Bem, como disse a Kika, primeiro agradecer a generosidade de quem se dá ao trabalho e toma o tempo de palpitar, e depois  filtrar aquilo que vem de pessoas que realmente sabem do que estão falando .
Quando boto minha cara prá bater no Corredor ou em qquer outro lugar público, já sei que vem de tudo. Mas de quem?
Posso estar sendo " elitista"  de uma certa forma. Mas só me abalo com críticas positivas ou negativas de quem sei que tem conhecimento maior que o meu.
Há 90% de " gosto / não gosto" , o que é OK, mas não diz nada realmente.
Mas se vem um alguém cujo trabalho admiro e diz que minha foto é uma M... ou é espetacular, é ali que concentro meus ouvidos.

Masssss, nada está escrito em pedra, certo?
Se coloco uma foto no corredor e 99% de anônimos , iniciantes, profissionais ou seja lá o que fôr, dizem que preciso melhorar, não resta dúvida, certo?

()s

GuiGui  :)
« Última modificação: 21 de Agosto de 2008, 01:11:17 por guigui »


RFP

  • Colunista
  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 792
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 21 de Agosto de 2008, 07:47:50
Eu geralmente não ligo muito para críticas técnicas. Primeiro porque geralmente o aspecto técnico nas minhas fotos está bem resolvido dentro da proposta, mesmo que haja "defeitos" sob esse ponto de vista. Segundo porque acho que esse é um dos aspectos menos importantes da fotografia. Me interesso mais pelos comentários sobre o conteúdo, sobre a abordagem, sobre as impressões e sensações de quem observa.

Agora, quando se coloca uma foto para crítica, é preciso ter em mente que o observador não vê o método, vê o resultado. Não dá pra esperar que um resultado ruim vá ser "amaciado" porque a foto é difícil. Os grandes fotógrafos conseguem bons resultados e não usam desculpas. As fotos ruins, mesmo tendo sido difíceis, não vão para revistas, concursos livros etc. Não são as condições que estão em julgamento, é o resultado, e este pode ser bom ou ruim, simplesmente.


RuySalaverry

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 368
  • Sexo: Masculino
    • Meu Multiply
Resposta #14 Online: 21 de Agosto de 2008, 09:06:36
O que eu quiz dizer é que uma pessoa não deve sugerir o impossível. Sugerir usar ISO baixo com uma lente 500mm f/6.3 na mata fotografando um pássaro que não está dormindo no galho mostra que não conhece a dinâmica da coisa. Sou obrigado a fazer a maioria de minhas fotos com ISO 800 ou 1600. Não vou crucificar quem deu esta sugestão, mas é bom poder dizer a ele que sugeriu o impossível para ele também poder evoluir em suas críticas.
« Última modificação: 21 de Agosto de 2008, 09:07:55 por RuySalaverry »
Ruy Salaverry
Rio de Janeiro-RJ